DEPOIS DE OITO MESES E DOIS AUMENTOS DE TARIFA DO METRÔ... TAMOZAÊ


Meu coração se aperta, mas não tem medo.
Minha barriga gela, mas não passo mal.
Meus pelos arrepiam, mas não é frio.
A distância que nos separa é irrelevante.
A certeza que me habita é verdadeira.
A lembrança nos coloca juntos.
A lembrança me mostra que isso é uma continuação de algo que me transcende.
Não ter ideia do que será visto adiante e mesmo assim não ter medo é a maior novidade do pagode pra mim.
Mas estou indo, um passo de cada vez.
E quando penso que estou sendo irracional, reflito e entendo que pela primeira vez minha cabeça e meu coração estão indo no mesmo caminho.
E eterna gratidão Àquela que mostra que o ventre do coração ainda é capaz de gerar amor!

Comentários